Na sequência da decisão das autoridades escocesas de interdição de viagens não essenciais da Escócia para a cidade de Manchester, e regresso, informa-se que as deslocações às instalações do Consulado-Geral em Manchester para a realização de atos consulares são consideradas, nos termos da legislação aplicável, como deslocações essenciais e, por conseguinte, autorizadas.


Na sua viagem, os cidadãos residentes naquela Nação podem fazer-se acompanhar da declaração disponível aqui, e do email comprovativo do seu agendamento.